Ninguém Nos Contratou

Série Reino

 

Mateus 20:1-7

“Porque o reino dos céus é semelhante a um dono de casa que saiu de madrugada para assalariar trabalhadores para a sua vinha. E, tendo ajustado com os trabalhadores a um denário por dia, mandou-os para a vinha. Saindo pela terceira hora, viu, na praça, outros que estavam desocupados e disse-lhes: Ide vós também para a vinha, e vos darei o que for justo. Eles foram. Tendo saído outra vez, perto da hora sexta e da nona, procedeu da mesma forma, e, saindo por volta da hora undécima, encontrou outros que estavam desocupados e perguntou-lhes: Por que estivestes aqui desocupados o dia todo? Responderam-lhe: Porque ninguém nos contratou. Então, lhes disse ele: Ide também vós para a vinha.”

 

Introdução

          Estamos novamente meditando a respeito das particularidades do Reino, nessa nossa série de mensagens, e nesse texto acima, vemos, como em vários outros, que o Senhor considera o seu Reino como uma grande plantação, e deseja que nós sejamos trabalhadores dedicados em sua vinha.

          Por que as pessoas não têm sido contratadas para o Reino de Deus, por que existem tantos que passam toda a vida “desocupados” espiritualmente? Por que os trabalhadores que estão desde de manhã não saíram chamando os desocupados espirituais para fazer parte desse trabalho?

          Responder a essas perguntas é importante para que possamos refletir se nós mesmos andamos desocupados no Reino, e se temos deixado o Senhor nos usar para contratar aqueles por quem Ele se entregou na Cruz.

 

O Dono Saiu de Madrugada

          O Reino dos Céus é como um dono de casa que saiu de madrugada para encontrar trabalhadores para a sua vinha. Deus é o dono da vinha, que sai bem cedo para procurar pessoas que possam ajudá-lo em sua colheita.

          Os horários que são descritos nessa parábola de Jesus, representam fases da vida humana, ou seja, a hora em que alguém começa a trabalhar na vinha representa em que fase de sua vida se entregou a Cristo e por isso começou a desenvolver seu projeto em sua vida.

          Mas vemos aqui uma característica de Deus, Ele sai de madrugada para contratar os trabalhadores para sua vinha, ou seja, Ele começa a tocar em nossos corações quando ainda somos crianças, ou bem jovens, com o objetivo de que sejamos o menor tempo possível escravizados pelo inimigo.

          Infelizmente nem sempre as pessoas conseguem discernir esse chamado e vão deixando suas vidas passarem sem serem contratadas para a vinha, mas hoje o Senhor nos trouxe aqui para “assinar nossa carteira” imediatamente.

 

Ele Não Quer Ninguém Desocupado

          Vemos nessa parábola, a insistência do dono da vinha, pois Ele procura trabalhadores às seis da manhã, às nove horas, ao meio-dia, às três da tarde e finalmente às cinco horas, faltando apenas uma hora para acabar o expediente. Por que tanta insistência? Por dois motivos, primeiro porque Ele nos ama e não quer que fiquemos de fora do maior privilégio que o ser humano pode ter, trabalhar para o Reino.

          Ele decidiu que apesar de ser poderoso para fazer tudo sozinho, que não faria assim, mas nos daria essa honra.

          E em segundo lugar, porque há muito trabalho, e já que Ele escolheu deixar com o homem essa responsabilidade, poucos homens não dariam conta de tanto trabalho que há em sua vinha.

          A maior lição que podemos tirar sobre o Reino nessa parábola, é que mais do que o salário prometido, o maior privilégio que podemos ter nessa vida é o de sermos úteis no propósito de Deus, essa é a maior honra que podemos obter.

          Nossa tarefa como trabalhadores da vinha, é de assim como nosso Senhor, sairmos contratando novos trabalhadores para que possam compartilhar conosco esse grande privilégio também.

 

Porque Ninguém Nos Contratou (Rm 10:13-15)

          Quantas pessoas têm sede de Deus e não há ninguém por perto para saciar essa sede?

          Os últimos que foram contratados, quando perguntados o porquê ficaram todo o dia sem trabalhar, deram uma resposta desconcertante, pois não disseram que não queriam, não eram preguiçosos, eles simplesmente não tinham tido oportunidade, ninguém os havia contratado.

          O texto de Romanos 10 nos mostra que existem muitas pessoas que só não se entregaram a Cristo, porque não ouviram a mensagem, e não ouviram porque não há quem pregue, e o nosso desejo é o de enviar àqueles que irão levar essa poderosa mensagem, que sairão a contratar mais trabalhadores para a seara do Senhor.

          Quantos se dispõe hoje a ser esses trabalhadores, que irão de casa em casa contratando até às cinco da tarde pessoas que ainda estão sem trabalho no Reino? Que possamos dizer: eis-me aqui, envia-me a mim.

 

O Mesmo Salário

          Por fim vemos que o Senhor da vinha resolveu pagar o mesmo salário a todos que trabalharam para Ele, tanto os que chegaram às seis da manhã, quanto aos que chegaram às cinco da tarde.

          Esse salário oferecido, é a Vida Eterna, ou seja, independente de qual fase da vida você receber a Cristo como seu único Deus, Senhor e Salvador, você receberá o mesmo “salário” que todos, a Vida Eterna, e apesar de muitas pessoas acharem que não é justo alguém que pecou a vida toda, confessar a Cristo perto de sua morte e ser salvo, Jesus deixa claro em sua Palavra, que não devemos ser maus por Ele ser bom.

          Hoje é a nossa grande oportunidade de nos entregar por completo a Ele e começarmos nosso trabalho na sua Vinha, em sua obra, pois isso o alegrará, e esse deve ser o nosso maior prêmio, alegrar o nosso Senhor e sermos cooperadores da sua obra.

          A partir de hoje ninguém mais ficará sem ser contratado perto de nós.

Pr. Jasinho

 

<< Mensagens Anteriores